Sing the changes

•January 1, 2012 • Leave a Comment

Se eu não insistisse, nem champagne teria.

Não que eu faça questão de seguir tradições, mas é legal estourar champagne no ano novo. E sempre fizemos isso, desde quando consigo me lembrar. No ano novo e no natal também, acho. Não teve champagne nesse natal. E quando perguntei, estranhando a falta, me responderam (sei lá o quê) com naturalidade, como se nunca tivesse e não fosse necessário. Sempre teve.

Quase ninguém bebe na minha família, sempre foi assim, mas sempre teve a champagne no ano novo. E no natal. Insisti e levamos pra casa do tio no reveillon. Quase ninguém bebeu, mas me senti um pouco melhor.

Gosto de estar com a minha família nessas datas, mas já faz uns anos que estamos perdendo a sintonia em alguns costumes. Talvez por eu viver em círculos sociais diferentes dos que eles cresceram e viveram. Talvez por eu não ter encontrado Jesus. (na verdade passei uns bons anos da minha vida na igreja, até desistir dela)

2012 será o ano pra eu reafirmar todas as mudanças que vem acontecendo na minha vida, tenho muita coisa pra fazer, e se eu não fizer, tô literalmente fodido e mal pago. Tentei fazer a lista de resoluções, mas é meio difícil listar o que espero do ano. Apenas uma das resoluções, a que seria a última da lista, pode ser escrita, mas não quero ficar na expectativa. Mas se eu conseguir, vai ter significado mudanças legai na minha vida. As que eu quero, ao menos.

Vamos, 2012, estou pronto.

 

Advertisements

STP – parte 6

•December 8, 2010 • Leave a Comment

E nove anos depois os caras lançaram o sexto disco de inéditas. Disco bom, por sinal!

As músicas são mais pesadas que as do anterior, mas a veia pop continua forte. O primeiro vídeo é o clipe oficial do primeiro single, Between The Lines, o segundo é de Huckleberru Crumble, que ainda não tem nenhum vídeo decente no YouTube.

E o show é amanhã! Sigam-me os bons!

STP – parte 5

•December 8, 2010 • Leave a Comment

Quinto post, quinto álbum, com dois dias de atraso. =P

Shangri-La Dee Da, de 2001, é talvez o disco mais próximo do pop. É também um disco gravado em meio aos problemas de Scott Weiland com as drogas e as autoridades. Era um STP próximo do fim.

Mas nem por isso deixa de ter canções boas! Days Of The Week é o único hit do álbum, lembro que a MTV passava direto esse clipe quando lançou. O segundo vídeo é de Wonderful, uma das – belas – baladas de Shangri-la Dee Da.

Detalhe: eles não tem tocado nenhuma música desse disco na turnê atual.

=P

STP – parte 4

•December 5, 2010 • Leave a Comment

O quarto e o mais pesado disco do Stone Temple Pilots, chamado simplesmente de Nº4.

Curiosamente, o disco mais pesado traz uma das músicas mais belas da banda, Sour Girl, que tá no primeiro vídeo aí. O segundo é de Down, primeira faixa do álbum, essa sim uma paulera.

Enjoy!

STP – parte 3

•December 4, 2010 • Leave a Comment

Chegamos ao terceiro disco, Tiny Music… Songs From The Vatican Gift Shop, de 1996.

As duas músicas que escolhi são duas de minhas preferidas. A primeira deve ser, incluse, a preferida de muitos fãs: Trippin’ On A Hole In A Paper Heart, presença garantida em todos os shows dos caras. O vídeo é o clipe oficial da música.

A segunda é uma canção mais calma, uma “semi-balada”, Seven Caged Tigers. Não achei um vídeo bom da música, mas esse tá assistível, seleciona o HD e divirta-se!

Hasta!

Surpresa!

Não resisti a colocar essa apresentação ao vivo de Trippin’ On A Hole In A Paper Heart! É de arrepiar! A mim, pelo menos.

STP – parte 2

•December 3, 2010 • Leave a Comment

Segundo post, segundo álbum!

O álbum é Purple, de 1994 (o 1º, que não pus data, é de 1992). O primeiro vídeo é o belo clipe de Interstate Love Song, com um Scott Weiland pré-fundo-do-poço, ainda robusto e corado.

O segundo vídeo a uma apresentção ao vivo da balada Big Empty. Queria um vídeo com a versão de estúdio, que é foda, mas essa apresentação tá sensacional! Scott no palco é um show a parte, e a performance dos irmãos Dean e Robert DeLeo (guitarra e baixo) está impecável!

Curte aê!

STP – parte 1

•December 2, 2010 • Leave a Comment

Quinta-feira que vem tem show do Stone Temple Pilots no Via Funchal! É a primeira vez que o quarteto desembarca no Brasil, depois de muito enrolar! Na verdade, não sei se é a primeira vez, mas estou com preguiça de pesquisar.

Além de ser uma das minhas bandas preferidas, o Stone Temple Pilots também é a banda que deu nome a este empoeirado blog, então nada mais justo que comemorar o aguardado (ao menos por mim) show dos caras com alguns posts.

Vou fazer o seguinte, vou postar dois vídeos por dia, sendo as duas músicas do mesmo disco, um disco por dia, entenderam? O primeiro vídeo é Dead & Bloated, primeira faixa do primeiro álbum, Core, em uma apresentação espetacular de 2000, com um Scott Weiland no auge de sua loucura. O segundo vídeo é da clássica Plush, que dispensa comentários.

Enjoy!